domingo, 25 de novembro de 2007

ENCONTRO INTERNACIONAL EDUCAÇÃO

ENCONTRO INTERNACIONAL EDUCAÇÃO

EIXO III – EDUCAÇÃO, IDENTIDADE E DIVERSIDADE CULTURAL.

ESPAÇO Temático 1 – Auditório F.

Articuladores (as) Marcos Schilling Martins
Nara Souza de Oliveira
Rosali Cunha Tomas

Sínteses das Oficinas ocorridas no dia 24/11/2007, naquele local – a partir das 08:30 h.

1- Libras para Ouvinte e Buscando a Inclusão – Cleusa Maria Denz dos Santos
Instituição: E.M.E.F. Prefeito José Linck – Gravataí - RS

A importância de se aprender libras como língua, e não como linguagem, tornando o deficiente auditivo um individuo que possui outra língua, a qual basta aprendermos para nos comunicarmos de igual para igual, tal qual o inglês, francês, etc.

2- Saúde:
Instituição – Secretária da Saúde do Município de Gravataí.
A humanização da saúde no município através de treinamento dos funcionários, retirando o impacto da informatização (automatização), causado pelo avanço da tecnologia utilizada em hospitais e postos de saúde.

3- Afro - brasilidade – Cibeli Moni Soares, Dalva Jaciane Gomes Aguiar, Karine Rocha Rodrigues e Nara Cristina Soares Amaro.
Instituição – E.M.E.F. Santa Ana – Gravataí – RS.

Inclusão do ensino da história relacionada aos afro - descendentes incluindo a cultura africana na escola, ideologia aplicada já antes da criação da lei, na escola citada acima.

4- Cinema e Ditadura Militar na América Latina – Ramiro José dos Reis.
Instituição – EMEF Prefeito José Linck – Gravataí – RS.

A necessidade da criação de uma lei que obrigue o ensino dos males causados pela ditadura militar aos povos da América Latina – utilizando cinema como recurso,no desenvolvimento da técnica de ensino.

5- Educação Física: Uma Oportunidade para a Sensibilização – Nara Georgina Martins Lopes.
Instituição – ULBRA – Gravataí – RS

Mudança da técnica aplicada no ensino desta disciplina, procurando inserir o aluno com deficiência dentro deste contexto, a inclusão social, derrubando mais uma barreira.

6- Sociologia e Filosofia na Educação Básica: Construindo uma Escola de Qualidade – Mauro Meirelles, Luiza Helena Pereira, Thiago Ingrassia e Leandro Raizer.
Instituição – UFRGS – Porto Alegre – RS.

A luta pela colocação e adequação destas disciplinas a partir do ensino fundamental, problematizando e socializando com os alunos através dos (por quês). Mudando de forma definitiva a metodologia tradicional para construtivista e problematizadora.

7- Caminhos que Levam a Docência e Representações de Professores – Silvia Debastiani Rennó da Silva – Tatiane Prestes Soares.
Instituição – UFRGS – Porto Alegre – RS.

A importância do diálogo na escola, e na sala de aula. O respeito pelo pensar do aluno, levando em conta suas experiências, respeitando o local onde vive, como age e o porque deste comportamento, visando melhor incluí-lo na forma de ensinar, ajudando-o a chegar à aprendizagem com qualidade.

Redigi estas sínteses, após analisar o conteúdo e a explanação de cada oficina demonstrada no local do evento.

Todos os palestrantes utilizaram seu tempo de maneira própria, mas tocando sempre no assunto: inclusão social e também humanização dos parâmetros tanto da área da saúde, tanto da educação. Para isso, foram bem proveitosos, os momentos de dinâmica utilizados pela funcionária da Secretária da Saúde do Município de Gravataí, bem como pelo professor de história Ramiro José dos Reis o qual colocou trechos de filmes contendo imagens da época da ditadura militar nos paises da América Latina. Pela professora de educação física Nara Georgina, incluindo uma peça teatral denominada (A menina chamada Manhã), realizada pelas professoras Cibeli Moni Soares, Dalva Jaciane Gomes Aguiar, Karine Rocha Rodrigues e Nara Cristina Soares Amaro, as quais dignificaram e muito o evento através da história contida no texto teatral, muito bem demonstrada apesar do curto espaço de tempo. Tratando de forma clara o assunto inclusão social, em sua magnitude e importância nas nossas escolas, e perante a comunidade em geral.
Também tivemos momentos de debate com mais ênfase por parte do público presente, quando da palestra a inclusão das disciplinas de Filosofia e Sociologia na educação básica, onde a participante da platéia Professora Maria Helena (Instituto Estadual de Educação Princesa Isabel), onde leciona Filosofia, disse da importância da luta dos colegas palestrantes na inclusão destas disciplinas a partir do ensino fundamental, pois isto demonstraria a democratização, bem como a mudança de conceitos em técnicas e metodologias de ensino, fazendo melhorar significantemente a aprendizagem em nossas escolas. Este foi um dos pontos autos das apresentações, que terminaram com a participação de professoras da UFRGS, tratando da importância do diálogo na escola e na sala de aula, abordados no tema: Caminhos que Levam a Docência (UFRGS)

Haviam outras duas oficinas relacionadas, mas por algum motivo os palestrantes não puderam comparecer.

2 comentários:

Michael disse...

Hi,

The content of your blog is very interesting. But it seems that your blog is lacking more visitors.
If you want tips on how to increase your blog's visitors, go to http://PopularBlog.co.nr/

Goodluck!

marcos9.bloggoogle.com disse...

Michael, não vou tentar escrever em inglês, pois não tenho este costume e provavelmente não sairia a contento o meu propósito em lhe escrever. Quero agradecer a você pela postagem em meu blog, reconhecendo o meu trabalho. Fico muito contente em saber que pessoas de outras nacionalidades apreciam o meu trabalho, principalmente por gostar da analise elaborada do que observo no dia-a-dia, é desta forma que busco conteúdo para melhorar a educação em meu país. Quando quiser pode me enviar e-mail também, quem sabe você não tenha sugestões para melhorar ainda mais o meu trabalho, bem como o dos meus colegas de faculdade, professores como eu. Desde já meu muito obrigado e o convite para que continue contribuindo com suas sugestões.
Meu e-mail é: marcos9.user@hotmail.com