segunda-feira, 7 de setembro de 2009

DIFERENÇAS NA FORMA DE APRENDIZAGEM

A diferença na maneira do ser humano aprender a falar, ler e escrever, está comprovada através da nossa própria aprendizagem, a qual ocorreu sem o uso de tecnologia avançada, como é o caso do computador utilizado hoje nas escolas. Também não tínhamos o celular com o qual enviamos torpedos, dentre outros tipos de mensagens, além de digitarmos números telefônicos e endereços em nossas agendas, diretamente nos aparelhos.
Estamos utilizando menos papel, bem como caneta e lápis, estamos ganhando tempo, carregando menos peso, tendo materiais importantes ao nosso alcance sempre que necessário, utilizando menos espaço para isto. A informatização digital esta ai, de todas as formas se faz presente, nos auxiliando na aprendizagem de nossos alunos. Para isto precisamos nos aprimorar cada vez mais, buscando mecanismos dentro deste vasto mundo de softwares diversos, para presentearmos nossos alunos com uma aprendizagem muito mais duradoura e menos monótona, com material de pesquisa muito mais eficaz e em tempo muito curto, não nos esquecendo da importância do diálogo e da afetividade, fatores que tornam as aulas ainda mais empolgantes e motivadoras.

4 comentários:

Patrícia_Tutora PEAD disse...

Penso que as tecnologias, todas elas, podem ser muito útil, no entanto tudo dependerá do olhar que tivermos para com elas. Se olharmos para as tecnologias como um mero suporte pedagógico pode ser que estejamos correndo o risco colocar nossos alunos como usuários consumidores de informação, mas se olharmos para as tecnologias como potencialidades de uma aprendizagem em rede teremos grandes chances de colocarmos nossos alunos como usuários construtores de conhecimento. E então que olhar devemos desevolver? Abraços!

marcos9.bloggoogle.com disse...

O aluno não será um mero consumidor da informação, se o professor souber como orientá-lo em suas descobertas, assim como se utilizarmos a tecnologia para um curso em rede, sem delimitarmos limites, sites, links, locais de pesquisa, softwares a serem utilizados de forma correta para atingirmos sempre a aprendizagem de maneira objetiva, clara. Tanto objetivos específicos como amplos, devem possuir conteúdos, recursos e técnicas, desenvolvidos com o intuito principal de produzir aprendizagem, de forma saudável e consistente como está ocorrendo em nosso curso, se não fossem nossos orientadores, estaríamos perdidos em espaços virtuais diversos, como que, vagando em meio a grande soma de informação, sem filtrar o que realmente nos interessa, daquilo que não é assim tão importante. Estabelecer conceitos é muito importante para quem busca melhora em sua forma de ensinar, afinal é aprendendo que se ensina.

Patrícia_Tutora PEAD disse...

Marcos! Que ótima reflexão. Estamos sempre aprendendo, e aprendemos com os outros, através das trocas. Gostei de ler sobre suas expectativas e aproveito para deixar registrado que quando nos comprometemos com a nossa aprendizagem a construção do saber ocorre de maneira natural, pois somos envolvidas por um desejo de ler, de buscar mais informações e principalmente de transformar essas informações em conhecimento. Continue refletindo e exercitando suas práticas de acordo com a demanda de informação que surge a cada dia! Parabéns

Thaise disse...

Adorei as reflexões de vcs!São as mulitplas linguagens que trabalhamos um pouquinho na aula presencial e poderemos ver melhor ao longo da disciplina de linguagem.